Wednesday, September 06, 2006

ANGÉLICA FREITAS





menciona a:(quem ainda não vi por aqui:)
Caetano Gotardo
Fabiana Faleiros
Luiza Mendes Furia
Marcelo Noah
Moacir Amâncio






poemas:


o que passou pela cabeça do violinista
em que a morte acentuou a palidez ao
despenhar-se com sua cabeleira negra &
seu stradivárius no grande desastre
aéreo de ontem


mi
eu penso em béla bartók
eu penso em rita lee
eu penso no stradivárius
e nos vários empregos
que tive
pra chegar aqui
e agora a turbina falha
e agora a cabine se parte em duas
e agora as tralhas todas caem dos compartimentos
e eu despenco junto
lindo e pálido minha cabeleira negra
meu violino contra o peito
o sujeito ali da frente reza
eu só penso
mi
eu penso em stravinski
e nas barbas do klaus kinski
e no nariz do karabtchevsky
e num poema do joseph brodsky
que uma vez eu li
senhoras intactas, afrouxem os cintos
que o chão é lindo
& já vem vindo
one
two
three

*

um fusca
vermelho bala soft
morreu
naquele morrinho
ali ó
vermelho
cor de bala soft
como a cara
dos caras
que empurraram
e ó
pó pó pó
pegou
no longe o vi ainda
redondo e soltando fumaça
pra dentro da boca sem dentes
do túnel

*

r.c.
os grandes colecionadores de mantras pessoais não saberão a metade/ do que aprendi nas canções/ é verdade/ nem saberão/ descrever com tanta precisão/ aquela janela da bolha de sabão/meu bem eu li a barsa/ eu li a britannica/ e quando sobrou tempo eu ouvi/ a sinfônica/ eu cresci/ sobrevivi/ a privada de perto/ muitas vezes eu vi/ mas a verdade é que/quase tudo aprendi/ ouvindo as canções do rádio/ as canções do rádio/quando meu bem nem/ a verdadeira maionese/ puder me salvar/ você sabe onde me encontrar/e se a luz faltar/ num cantinho do meu quarto/ eu vou estar/com um panasonic quatro pilhas AAA/ ouvindo as canções do rádio

bio/biblio
nasci em 8 de abril de 1973, em pelotas, rs. no mesmo dia, picasso batia as botas. sério. os poemas aí de cima são de "rilke shake" (cosac naify / sete letras), meu primeiro livro de poesia, que deve sair em novembro. já colaborei com as publicações "inimigo rumor", "mininas", "germina", "casulo" e "diário de poesia" (argentina). e fui publicada na coletânea "cuatro poetas recientes del brasil" (black & vermelho, argentina), ao lado de joca reiners terron, elisa andrade buzzo e ricardo domeneck.

poética?
"i was a terrible waitress, so i started to write songs." (ani di franco)

19 comments:

vanessa said...

viva a angélica :-)
não se esqueça de me chamar para o lançamento do livro.

Newton César said...

Angélica!
Adorei.
Viajei com o violinista e o pouso foi macio.
Gostei.
Que a jornada continue divertida.
Bjs.

Newton César

v. said...

alegria te ver aqui, querida.
belo, belo blog.

renata said...

angie is
a punk rocker
aaangie is
a punk rocker
angie is
my little sister woooooow
:D

ana said...

bravo!
agora consegui arrumar os fiozinhos do meu Ipod!
Sempre fantástica, e eu puxa saco.
bjos

Carlito said...

puxa, angie, esta é a foto... se o problema era esse para o "rilke" fazer "shake shake shake", não há mais problema algum... esta é a foto... tá ótima.
beijos
carlito

Lucia H. said...

Fantastique como sempre!
Beijos Dina Paraguaia! rs!

Anonymous said...

Olá, colega querida, quantas saudades! Apesar da distância, vejo que você continua genial. E tá linda na foto. Quero ir ao lançamento do livro. Já tem data/local previstos?

Beijão,
Camila

Dirceu Villa said...

Angélica,
danke, caríssima.
Mencionei o teu nome porque de fato a tua poesia se destaca. "senhoras intactas, afrouxem os cintos", hahahehehee. muito bom.

D. (le diable amoureux)

leo martinelli said...

Angelica, sua poesia salvou meu domingo! Meu Rilke Shake de ovomartine ja foi encomendado...

ine said...

angelica, desde buenos aires te estoy escuchando y esperándote!
besotes
ine

dionisios ditirambicos said...

Anja
lindo.
beijos,
dionisios

gregorioduvivier said...

Gostei muito do que você escreve. Vou procurar ler mais. Prazer.

Marcelo do cerrado said...

oi Angel...
Adoro teus textos.
Tb escrevo. Fiz um blog recentemente. Passa por lá...
Abraço!

Bruno H. said...

Vc é d mais Angélica!
Adorei ler suas poesias.
E vou continuar lendo ;)
bjs

Mário Cunha said...

Olá Angélica. Vi ontém (O6/05/07) uma entrevista tua na TV. Comecei a assistir e de repente lembrei que te conhecia pessoalmente. Nós estudamos juntos na ETFPEL no antigo S1, lembra?. Tu cursou, se não me falha a memória, eletrônica e eu química. Gostaria muito de entrar em contato contigo.
Um abração
Mário A A Cunha

Luiz Pienta said...

Nestes dias de internetês e torpedês, a sigla do seu estado parece dizer mesmo aquilo que queremos dizer quando a usamos pelos teclados do mundo. Ainda vamos rs muito com vc...

Luiz Pienta said...

Nestes dias de internetês e torpedês, a sigla do seu estado parece querer dizer aquilo que dizemos quando a usamos pelos teclados da vida. Ainda vamos rs muito com vc... bjs :)

- Marechal Carleto - said...

Li seus versos essa tarde
e foi como o Renascimento na Itália